Home >
Inovação no campo > O "vale do silício" do agro
Inovação no campo

O "vale do silício" do agro

Bayer está presente no AgTech Garage, hub de inovação do agronegócio instalado no Parque Tecnológico de Piracicaba

23.04.2019 - Por Bayer Jovens

A inovação no agronegócio tem um novo endereço: começa a funcionar em Piracicaba, cidade do interior de São Paulo a 160 quilômetros da capital, o AgTech Garage, o maior e mais novo hub de tecnologia e empreendedorismo dedicado ao setor. Instalado em uma área de 2.500 m2 no Parque Tecnológico de Piracicaba, o polo foi criado para reunir pessoas com talento e expertise para criar e compartilhar ideias inovadoras, com o objetivo de impulsionar a produtividade e a sustentabilidade no campo por meio dos avanços tecnológicos e da digitalização dos processos agrícolas. E a Bayer, evidentemente, faz parte dessa revolução.

De maneira simplificada, o termo "hub" significa conexão, compartilhamento de informações e ideias inovadoras. Na prática, o conceito identifica o ambiente criado especialmente para permitir que isso aconteça, ao reunir pesquisadores, startups, grandes empresas, produtores e cientistas em busca de uma meta comum. O AgTech Garage Campus Vale do Piracicaba se enquadra com perfeição nesse objetivo e, não por acaso, a área em que está abrigado vem sendo chamada de "vale do silício do agronegócio".

Entre as empresas que contam com um espaço próprio no hub está a Bayer, que estimula o relacionamento colaborativo na cadeia produtiva do agronegócio, a fim de oferecer soluções inovadoras aos produtores rurais. "O objetivo é conectar o ecossistema de inovação ligado à AgTech Garage por meio de networking, de acordo com os desafios propostos pela companhia para a captura de novas ideias e o desenvolvimento de projetos em colaboração. Ser protagonista de iniciativas como essa reforça a posição da Bayer como líder entre as empresas que aceleram e promovem a inovação, a sustentabilidade e a transformação digital no setor", disse Juliano Barela, Gerente de Inteligência Tropical do Centro de Expertise em Agricultura Tropical (CEAT), plataforma de inovação colaborativa da divisão Crop Science da Bayer.

De acordo com Juliano, o hub será uma ótima oportunidade para colher os frutos das inovações proporcionadas pelas agtechs em um ambiente que favorece a conexão dessas startups com grandes empresas e, assim, ampliar os canais de geração de novas ideias e parcerias. Como Innovation Partner e uma das patrocinadoras da iniciativa, a Bayer conta com uma sala exclusiva dedicada à cultura da inovação aberta.

E essa não é a primeira iniciativa da companhia nessa área. Hoje, a Bayer está presente em hubs de inovação nos Estados Unidos, França, Alemanha, Cingapura e Japão, entre outros países, em busca de soluções de ciência e tecnologia voltadas para os grandes temas da agricultura.

Como grande resultado final, as inovações desenvolvidas no hub resultarão em benefícios para os produtores rurais, por meio de soluções tecnológicas capazes de aumentar a produtividade, a qualidade e a sustentabilidade do agronegócio. O conceito é relativamente novo, mas vem ganhando força rapidamente, e hoje já existem cinco hubs de inovação para o agronegócio no estado de São Paulo (Avance, Esalteq Incubadora, Pulse e Usina de Inovação Monte Alegre, além do AgTech Garage), um no Mato Grosso (Agrihub) e outro no Paraná (SRP Valley). Pouco a pouco, cria-se um ecossistema que atrai novas startups e parceiros e mantém um diálogo permanente entre os participantes, para disseminar e aplicar as inovações.

Inaugurado em abril, o AgTech Garage Campus Vale do Piracicaba será o ponto focal de um processo em dois sentidos: de um lado, as startups inovadoras terão a oportunidade de mostrar seu trabalho e se conectar com o meio acadêmico e as empresas que possuem estruturas para transformar boas ideias em soluções objetivas; de outro, essas companhias de maior porte criam uma ponte para as fontes de pesquisa e criação e envolvem suas equipes diretamente nesse processo.

"Não temos dúvida de que o lançamento do novo hub da AgTech Garage será um marco para o ecossistema de inovação e empreendedorismo do agronegócio brasileiro. Um dos motivos que nos deixam confiantes são os parceiros de peso que estamos reunindo e somando forças nessa empreitada", disse José Tomé, coordenador do novo hub.