Home > Inovação > 5 motivos para conhecer o LifeHub da Bayer
Inovação

5 motivos para conhecer o LifeHub da Bayer

Conheça as iniciativas que estão sendo preparadas para o hub de inovação da Bayer no Brasil, com previsão de início das atividades a partir de julho de 2020.

16.03.2020 - Por Bayer Jovens

A Bayer está se preparando para promover novas ideias e fomentar a inovação de uma forma surpreendente no Brasil. Com a proposta de impulsionar o engajamento dos colaboradores, fornecedores, parceiros e clientes em debates relevantes, e estimular a formação de times multidisciplinares, a empresa está preparando o LifeHub São Paulo, um espaço inovador em prol do desenvolvimento de soluções em saúde e nutrição.

O LifeHub é uma iniciativa global de hubs de inovação nas unidades da Bayer, com sucesso já comprovado em outros seis países. Leia também: Você sabe o que é um “hub de inovação? De acordo com Fabiana Sanchez, analista de transformação digital sênior da Bayer, que está coliderando a implementação do LifeHub no Brasil, os preparativos para a inauguração estão a todo vapor. Colaboradores já formaram equipes para desenvolver as verticais e estão recebendo mentoria de líderes da Bayer. “Cada um dos pilares do LifeHub já tem um mentor, e estamos conseguindo colocar a liderança como parte do processo de mudança cultural na Bayer. Até o lançamento, vamos fazer testes e criar modelos para o LifeHub”, afirmou Fabiana.

Fique atento, pois falta pouco para a inauguração desse espaço inovador, que vai englobar uma área de 1.500 metros quadrados na unidade da Bayer em São Paulo. Em breve, a Bayer vai apresentar o espaço para os seus colaboradores e iniciar um período de testes.

Fique por dentro das novidades e pilares que serão desenvolvidos no LifeHub a partir do lançamento oficial, em julho de 2020.

1 – Espaço de cocriação

Sabe aquela imagem caricata de uma parede com post-it? Pois bem, os adesivos coloridos já não representam a única forma de promover o brainstorm, ou melhor, a tempestade de novas ideias. Existem vários métodos para estimular a criatividade, e o LifeHub já vai nascer com isso, fomentando a criatividade de forma plena e diversa no espaço de cocriação. “Esse é um espaço onde queremos promover jornadas de cocriação para resolver problemas de diversas áreas”, explica Fabiana. O espaço de cocriação vai valorizar a metodologia Design Thinking, mas também já abre espaço para os Innovation Coaches (pessoas internas capacitadas em metodologias de inovação) e terá o apoio de consultorias focadas em criatividade e inovação.

2 – Share & Learn

Que tal estudar e aprender sobre variados temas de saúde e nutrição com renomados especialistas durante eventos na Bayer? O LifeHub São Paulo terá a arena do conhecimento, um espaço com capacidade para 240 participantes. “Queremos criar uma agenda atraente, convidando parceiros para promover palestras, rodas de conversa e meetups. Será um espaço com potencial para falar sobre os negócios da Bayer, discutir habilidades para o desenvolvimento de pessoas e temas ligados a diversidade e inclusão”, explicou Fabiana.

3 – Estúdio de gravação

A comunicação é a alma do negócio. Propagar conteúdos relevantes e educativos por meio de vídeos, podcasts e outros materiais informativos beneficia negócios e profissionais. Por isso, no LifeHub, a produção de conteúdos será bem-vinda. Haverá um estúdio de gravação com estrutura acústica adequada e iluminação profissional.

O estúdio corporativo será utilizado em iniciativas de comunicação da Bayer, mas o espaço também ficará à disposição de clientes, fornecedores e parceiros da empresa. Os clientes que participam do programa de relacionamento Impulso Bayer, por exemplo, podem reservar o estúdio para gravações, por meio de locação resgatada com pontos no programa Impulso.

4 – Experience Lab

Esse espaço terá o propósito de sensibilizar o público sobre os avanços da ciência, em prol de uma vida melhor. Os visitantes do espaço poderão conhecer a história por trás das tecnologias da Bayer, lançamentos e novidades da empresa. “Vamos sensibilizar sobre as nossas tecnologias, com esse espaço para os nossos lançamentos e ativações. Temos a aspiração de que o LifeHub seja um polo de inovação aberto para qualquer pessoa interessada”, diz Fabiana.

5 – Coworking

Os espaços de trabalho compartilhados são uma forte tendência. Esse conceito permite que profissionais freelancers e várias empresas, especialmente startups, possam atuar em um mesmo local físico. Além de ser uma alternativa interessante para empresas e profissionais que desejam otimizar recursos investidos em escritório, o coworking fomenta um intenso networking.

Trazendo esse conceito para dentro da Bayer, a empresa permitirá a entrada de pesquisadores, empreendedores, clientes, fornecedores, parceiros e colaboradores Bayer de todo o Brasil. Esses agentes terão passe livre para utilizar a estrutura física com 60 mesas de trabalho, espaço de reuniões e copa, convivendo de forma colaborativa e dinâmica.

Bayer Jovens