Home > Sustentabilidade > Mil e uma utilidades
Sustentabilidade

Mil e uma utilidades

Combata o mosquito transmissor da dengue e contribua com o meio ambiente por meio da reciclagem de pneus

26.10.2015 - Por Bayer Jovens

Quando um pneu chega ao fim de sua vida útil, ou seja, não pode mais continuar rodando em um veículo, ele deve ser deixado em local apropriado como revendas, borracharias ou em pontos de coleta de pneus evitando que sejam descartados na natureza ou, pior, queimados a céu aberto. Nunca é demais se prevenir da dengue e “de quebra” preservar o meio ambiente.

Quando você deixa pneus velhos em um dos lugares mencionados acima, a Reciclanip, entidade coordenada pela Anip (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos) para reciclagem, que realiza o trabalho de coleta e destinação de pneus inservíveis, passa no estabelecimento e os encaminha para o local onde ele será reciclado.

Pneus seguem para ser triturados e picotados Pneus seguem para ser triturados e picotados

Como o processo de decomposição é longo, o material não deve ser descartado no meio ambiente. Deve ser recolhido e destinado de forma adequada .

No Brasil, uma das formas mais comuns de reaproveitamento de pneus é como combustível alternativo para as indústrias de cimento. São usados também na fabricação de solados de sapatos, borrachas de vedação, dutos pluviais, pisos para quadras poliesportivas, pisos industriais e tapetes para automóveis. Recentemente, surgiram estudos para utilizá-los como componentes na fabricação de manta asfáltica e asfalto-borracha, processo que tem sido acompanhado e aprovado pela indústria de pneumáticos.

A Reciclanip, única entidade do país voltada exclusivamente para a coleta e destinação de pneus, tem um papel fundamental para que esse ciclo de reciclagem possa ser realizado. A organização é hoje uma das maiores iniciativas de pós-consumo da indústria brasileira e já coletou e destinou mais de 2,79 milhões de toneladas de pneus inservíveis, o equivalente a 558 milhões de unidades de pneus de carro de passeio.

Aplicação na indústria de calçados Aplicação na indústria de calçados

O trabalho de coleta e destinação de pneus inservíveis realizado pela entidade é comparável aos maiores programas de reciclagem desenvolvidos no país, em especial, os de latas de alumínio e embalagens de defensivos agrícolas.

O projeto teve início em 1999, com o Programa Nacional de Coleta e Destinação de Pneus Inservíveis implantado pela Anip, que representa os fabricantes de pneus novos no Brasil.

Ao trocar um pneu em um estabelecimento comercial, procure deixá-lo no local, onde poderá ser encaminhado para uma destinação ambientalmente correta.