Home >
Saúde > Gripe e resfriado: como sofrer menos
Saúde

Gripe e resfriado: como sofrer menos

Os vírus que provocam as doenças do inverno são resistentes, mas é possível combater os sintomas com medicamentos como a Aspirina® C

12.07.2019 - Por Bayer Jovens

Nesta época do ano, na rua, na escola ou no trabalho, é bem provável que alguém ao seu lado esteja com espirros, tosse, coriza ou outro sintoma de alguma doença respiratória infecciosa e, o pior, muito contagiosa. Na estação mais fria do ano, aumentam bastante os casos de pneumonia, alergia e, principalmente, gripes e resfriados, esses dois últimos causados por vírus que são resistentes até mesmo a antibióticos. São as doenças de inverno, que incomodam tanta gente mesmo depois do surgimento das vacinas antigripais.

O que nem todo mundo sabe é que o “vilão” não é exatamente o frio, e sim o fato de que, quando as temperaturas baixam, as pessoas se aglomeram mais em lugares fechados e sem ventilação. Nesses ambientes, os agentes que causam essas doenças não se dispersam no ar, como acontece em lugares abertos, e são transmitidos a um número maior de pessoas.

A gripe tem como causa o vírus influenza, que apresenta diversas variações, enquanto o resfriado pode ser provocado por mais de 200 tipos de vírus. Em geral, o próprio organismo reage a esses microrganismos, e um resfriado costuma durar aproximadamente uma semana, com sintomas mais leves do que a gripe, que dura mais tempo e pode provocar dores no corpo e febre alta, além de coriza, mal-estar, tosse e espirros.

Alguns cuidados ajudam a reduzir a possibilidade de contágio e deixar seu corpo mais forte e resistente. Para começar, evite o máximo possível as aglomerações, o que nem sempre é fácil, e mantenha uma distância de pelo menos 1 metro de pessoas resfriadas ou gripadas. Sempre que possível, higienize bem as mãos com água e sabão e lave as narinas com soro fisiológico. Além disso, nas refeições, aumente a quantidade de sucos de frutas cítricas e de proteínas de origem vegetal ou animal, pois esse nutriente aumenta a produção dos anticorpos que defendem o organismo das infecções.

Se mesmo assim a gripe ou o resfriado insistir em aparecer, a saída é combater os sintomas, e para isso existem diferentes tipos de medicamentos. Um dos mais tradicionais e eficientes é a Aspirina®, cuja substância ativa, o ácido acetilsalicílico, foi sintetizada pela primeira vez há 122 anos por Felix Hoffmann, um jovem farmacêutico alemão que trabalhava para a Bayer. Tanto tempo depois, esse princípio ativo se mantém eficiente e, somente em 2016, foi objeto de 1.900 estudos clínicos.

A Aspirina® foi apresentada ao mundo pela Bayer em 10 de outubro de 1897 e se tornou uma marca registrada da empresa, comercializada no Brasil a partir de 1901 e ainda hoje presente na Lista de Medicamentos Essenciais da Organização Mundial da Saúde. Atualmente, existe também a Aspirina® C, que, além do ácido acetilsalicílico, contém vitamina C, que fortalece a imunidade.

Neste inverno, a nova campanha de Aspirina® C produzida pela Bayer inclui quatro vídeos protagonizados pelo comediante Marcelo Marrom, que surge em diferentes situações e canta a música tema,

Conheça os vídeos de divulgação da campanha!

Publicado em Saúde