Home > Ciência > Melhorando Vidas > Estimule a curiosidade científica do seu filho
Melhorando Vidas

Estimule a curiosidade científica do seu filho

Brincadeiras educativas estimulam a curiosidade infantil e encorajam os pequenos no aprendizado sobre a ciência.

21.08.2020 - Por Bayer Jovens

A aclamada série televisiva Jovem Sheldon retrata o cotidiano de um menino de apenas nove anos que é completamente apaixonado pela ciência. A trama se desenvolve sobre as descobertas e experimentos do jovem prodígio, que teoriza os acontecimentos de sua rotina com leis da física, além de exibir conhecimentos sobre biologia, matemática, filosofia, entre outras áreas.

A devoção de Sheldon à ciência deixa claro que o personagem terá um futuro profissional como cientista. Contudo, não é preciso ter um desempenho escolar acima da média para se destacar. Fora da ficção, toda criança nasce com potencial para ser um cientista. A curiosidade nata, o olhar atento e a busca constante por experimentação marcam as primeiras fases da vida humana.

Para a criança, o mundo é um laboratório a ser explorado. Compreender e encorajar o desejo infantil pode moldar o destino dos pequenos futuros cientistas. Os pais podem proporcionar aos filhos experiências interessantes de museus e organizações. Um exemplo disso é a iniciativa Bayer Educação para #VidaMelhor, iniciativa da empresa que busca retratar o universo da Ciência de forma leve e divertida.

A iniciativa conduz ações no Museu Catavento, localizado em São Paulo. A Bayer apoia a exposição Espaço DNA, com hologramas e painéis interativos que explicam a estrutura do DNA, e patrocina também o Complexo dos Polinizadores, área que contempla a exposição Mundo das Abelhas, o Jardim de Polinizadores e o borboletário do Museu Catavento, um recinto que permite apreciar borboletas vivendo no local.

Em janeiro de 2020, a Bayer promoveu uma programação especial de férias com oficinas para crianças no Museu Catavento. Além de difundirem temas científicos, as oficinas foram ministradas por 12 instrutores que são pessoas com deficiência (PCD), ajudando a quebrar preconceitos e estimular reflexões sobre inclusão e diversidade. A programação foi um sucesso e cerca de três mil crianças participaram das oficinas de férias. Leia mais: Quer saber onde levar a criançada nas férias? A Bayer te ajuda.

A tendência é que a iniciativa Bayer Educação para #VidaMelhor amplie o alcance das suas ações. Entretanto, já que o Museu Catavento está com as atividades suspensas em razão do período de quarentena para combater o coronavírus, a iniciativa está explorando um novo caminho. É possível manter acesa a chama da curiosidade infantil remotamente, pela internet. A Bayer está desenvolvendo uma websérie com quatro capítulos mensais, todos postados no YouTube, e acompanhados de versões com audiodescrição e tradução em libras. Confira a playlist da websérie aqui.

De acordo com Marília Tocalino, coordenadora da iniciativa Bayer Educação para #VidaMelhor, cada vídeo da websérie abrange um momento de contação de histórias e uma atividade prática que retratam assuntos sobre saúde, nutrição, agronegócio, inclusão e diversidade. “A proposta continua sendo levar a ciência para as crianças com uma linguagem lúdica e didática”, afirma Marília.

Um dos vídeos tem como protagonista o “Dr. Davisão”, que ensina sobre problemas como o daltonismo e miopia, apresenta curiosidades de ilusão de ótica e dá dicas de saúde ocular.

Estimular a ciência por meio de brincadeiras educativas é uma forma interessante de fazer com que a criança interaja com o assunto de maneira espontânea. De acordo com Marília, cada vídeo retrata uma atividade que tem a ciência como pano de fundo. “A criançada ama slime, então explicamos as reações químicas que ocorrem para fazer um slime, por exemplo. Mostramos para as crianças que a ciência está presente no nosso dia a dia”, explica a coordenadora.

Essa perspectiva afasta o mito de que a ciência é um universo distante da realidade e pode até mesmo beneficiar os adultos da família. “Essa aproximação é muito importante. Queremos que a população possa ter contato com os nossos negócios e conheça o propósito da Bayer”, diz Marília. “Muitas mensagens que passamos para as crianças podem ser levadas para casa e replicadas para os pais. Difundimos conhecimento sobre temas como alimentação saudável e a importância de manter a saúde cardíaca em dia.”

Bayer Jovens