Home > Saúde > Dezembro Laranja reforça importância dos cuidados com a pele
Saúde

Dezembro Laranja reforça importância dos cuidados com a pele

Campanha alerta para a importância do uso de protetor solar e de outros cuidados que podem ajudar a evitar o câncer de pele

21.12.2018 - Por Bayer Jovens

A chegada do verão, no dia 21 de dezembro, é normalmente associada a festas, férias, praia e calor, mas também representa uma preocupação extra para os médicos, principalmente para os dermatologistas, pelo aumento da incidência do câncer de pele provocado pela exposição aos raios solares. A fim de alertar as pessoas para esse risco, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) criou em 2004 a campanha Dezembro Laranja, concentrada na prevenção.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de pele não melanoma responde por 30% de todos os tumores malignos registrados no Brasil. Apenas neste ano, estima-se que ocorra um total de mais de 165 mil casos, um pouco mais em homens (85 mil) do que em mulheres (80 mil). Os médicos destacam, porém, os altos percentuais de cura quando a doença é diagnosticada precocemente. Em 2015, por exemplo, houve 1.958 casos fatais (pouco mais de 1% do total previsto para 2018), de acordo com o Inca.

Para reduzir esses números, a Sociedade Brasileira de Dermatologia chama atenção para a importância do uso de protetor solar e de outros cuidados e destaca a necessidade de procurar um especialista assim que surge algum sintoma, em geral na forma de pintas ou manchas suspeitas na pele.

As pessoas mais sensíveis à doença são as de pele clara, com sardas, cabelos claros ou ruivos e olhos claros, assim como as que têm parentes com histórico de câncer. Em seu site, a SBD criou um método simples de cálculo do risco do câncer de pele. Basta acessar a área "Faça os testes" e preencher um questionário rápido. No entanto, a SBD deixa claro que em nenhuma hipótese o teste substitui a consulta ao dermatologista.

Essa precaução se explica pelo fato de que, segundo a SBD, a radiação ultravioleta é a principal responsável pelo aparecimento de tumores cutâneos, e a maioria dos casos está associada à exposição excessiva ao sol ou ao uso de câmaras de bronzeamento artificial. “Como a incidência dos raios ultravioletas está cada vez mais agressiva em todo o planeta, as pessoas de todos os fototipos devem estar atentas e se proteger quando expostas ao sol”, alerta a entidade.

O objetivo da campanha Dezembro Laranja, portanto, é destacar as principais medidas de proteção contra o câncer de pele e não apenas no verão:

  • usar protetor solar, chapéus e camisetas;
  • evitar a exposição solar e ficar na sombra entre as 10 e as 16 horas;
  • usar diariamente filtro solar com fator de proteção 30, no mínimo;
  • na praia ou na piscina, ficar embaixo de barraca ou guarda-sol de algodão ou lona, que absorvem 50% da radiação ultravioleta;
  • observar regularmente a própria pele, em busca de pintas ou manchas suspeitas;
  • proteger do sol bebês e crianças (filtros solares podem ser usados a partir dos seis meses de idade).

O tema do Dezembro Laranja deste ano, assim como o de 2017, é “Se exponha mas não se queime”. É evidente que não dá para fugir totalmente do sol, principalmente em um país como o Brasil, mas é preciso tomar cuidado para evitar uma doença que, embora tratável na maioria dos casos, pode causar muito sofrimento.

Publicado em Saúde
Bayer Jovens