Home > Mosaico > 10 destinos para fugir da agitação no Carnaval
Mosaico

10 destinos para fugir da agitação no Carnaval

O turismo rural oferece roteiros incríveis para apreciar a tranquilidade do campo, conhecendo fazendas históricas e a riqueza do agronegócio

17.02.2020 - Por Bayer Jovens

As escolas de samba estão se preparando para desfilar na avenida, enquanto que muitos foliões estão na contagem regressiva para curtir as festas de rua durante o Carnaval. No entanto, muitas pessoas não gostam desses dias festivos ou estão buscando um refúgio tranquilo longe da agitação. Nesse caso, uma boa alternativa é apostar no turismo rural. Quem deseja tirar o seu bloquinho da rua vai se surpreender com a enorme quantidade de opções de turismo e lazer no campo.

O turismo rural, também chamado de agroturismo, abre as porteiras das fazendas para a visitação do público. Isso permite uma imersão na história brasileira, levando o turista para conhecer tradicionais propriedades rurais que refletem a evolução da economia, com lembranças marcantes do ciclo do café, ciclo do ouro e o ciclo da cana, por exemplo.

Além disso, com o turismo rural, os visitantes se aproximam da rotina da agricultura e da pecuária e podem desfrutar de atividades como cavalgadas e pescarias. O Bayer Jovens produziu uma lista de roteiros para passar o Carnaval com muita tranquilidade, mas sem abrir mão da diversão. Confira:

  1. Que tal conhecer um vale histórico que relembra os barões do café? O roteiro Caminhos da Corte, localizado na divisa dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro oferece inúmeras atrações. Entre as opções, destaca-se a Fazenda Vargem Grande, localizada na Serra da Bocaina. A propriedade guarda um tesouro: um jardim projetado pelo famoso paisagista Roberto Burle Marx. Composto por 5 espelhos d’água, esculturas de pedras, 19 quedas d’água e 2 piscinas, divididos em 3 diferentes níveis, o jardim recebe turistas, principalmente estudantes de arquitetura e outros apaixonados por paisagismo.
  2. No Nordeste, a região do Vale do São Francisco, entre Pernambuco e Bahia, ganha fama na produção de frutas e vinho. Os turistas podem desvendar vinícolas e conhecer as etapas de produção do vinho, por meio do roteiro enoturístico Vapor do Vinho. Também há opções de roteiro para passear de barco pelo Rio São Francisco e para visualizar a barragem da hidrelétrica de Sobradinho.
  3. Em Minas Gerais, o turista pode visitar casarões, museus, igrejas históricas, apreciar a arte, gastronomia, artesanato e se encantar com as paisagens das montanhas mineiras. Minas Gerais é um dos estados que oferecem o maior número de roteiros. Fica difícil escolher um só. O Circuito do Ouro, por exemplo, apresenta cidades próximas a Belo Horizonte que representam bem a cultura e o turismo rural de Minas.
  4. No interior de São Paulo, há um conjunto de municípios tradicionais no cultivo de frutas de mesa. São 10 municípios que formam o Circuito das Frutas e oferecem atrações convidativas para conhecer a fruticultura, participar de festas tradicionais e ter contato com a natureza.
  5. As Rotas do Pinhão oferecem atividades de turismo rural na região metropolitana de Curitiba (PR). O turista pode conhecer fazendas de araucária, investir em cavalgadas, cafés coloniais, atividades de aventura, entre outras atrações. Vale a pena conhecer o município de Lapa, que possui um Centro Histórico de 14 quarteirões tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.
  6. O clima mais frio na região sul do Brasil favorece as culturas de inverno, como o trigo e cevada. O clima frio também é um aliado das uvas e da produção de vinhos. Na Serra Gaúcha, os turistas vão encontrar inúmeros roteiros para conhecer a vinicultura e explorar paisagens do campo.
  7. A flora e a fauna do Pantanal encanta visitantes. Fazendas em Mato Grosso do Sul permitem conhecer a cultura e a gastronomia pantanenses, além de oferecerem atividades como trilhas para apreciação de aves, passeios em embarcações para conhecer os rios da região e pescaria de piranhas. Para se aproximar da agricultura e pecuária local, o turista pode se hospedar em fazendas como a São Francisco, em Miranda (MS), região chamada de “Portal do Pantanal”.
  8. A Bahia é um dos principais fornecedores de cacau para a indústria do chocolate. No entanto, a região também oferece atrativos turísticos na Costa do Cacau, formada por fazendas cacaueiras, vastos coqueirais e paisagens incríveis de praias, tudo isso em meio à Mata Atlântica. A centenária fazenda Yrerê e a fazenda Provisão recebem visitantes curiosos para descobrir a mágica que transforma o cacau em deliciosos chocolates. A fazenda Riachuelo, que também recebe turistas na região, ficou famosa pela produção do chocolate gourmet Mendoá.
  9. É possível percorrer trilhas na floresta amazônica e até participar de rituais indígenas por meio do Roteiro de Tucorin, no coração da Amazônia. Além de participar de uma expedição rural fascinante, o turista colabora para o desenvolvimento da agricultura familiar na região. O roteiro de Tucorin estava entre os destinos do projeto Talentos do Brasil Rural, que buscou valorizar comunidades locais por meio do turismo.
  10. Quem deseja apostar no agroturismo fora do Brasil pode optar pela “Zona Cafetera”, a maior região produtora de cafés da Colômbia. Também conhecida como “Eje Cafetero” e “Triângulo do Café”, o roteiro que se inicia na cidade de Armênia recebe turistas para acompanhar o cultivo do grão, degustar o café e se hospedar em fazendas cafeicultoras. A Paisagem Cultural do Café na Colômbia foi declarada Património da Humanidade pela Unesco.
Bayer Jovens