Home > Acontece na Bayer > Belford Roxo: artesãos expõem seus trabalhos em feira na Bayer
Acontece na Bayer

Belford Roxo: artesãos expõem seus trabalhos em feira na Bayer

Comitê de Diversidade da companhia abriu as portas para expositoras da Feirart de Belford Roxo

11.04.2019 - Por Bayer Jovens

 Artesãos expuseram seus trabalhos no Parque Industrial da Bayer, em Belford Roxo a convite do All In, grupo do Comitê de Diversidade

Eles não estavam ali apenas para vender seu artesanato. Aqueles 17 artesãos, sendo 16 mulheres e 1 homem, que durante dois dias expuseram seus trabalhos no Parque Industrial da Bayer, em Belford Roxo, para um público de cerca de 900 pessoas, são algumas das artistas do Feirart de Bel, um projeto da Secretaria de Cultura do município que, além de aumentar a renda familiar, também estimula o empoderamento feminino. A iniciativa de convidar artesãos da Feirart para expor na Bayer partiu do All In, grupo do Comitê de Diversidade da companhia, responsável por equidade de gênero. "O objetivo dessa parceria é promover o empreendedorismo feminino e fortalecer o engajamento com a comunidade. Ficamos muito felizes com o resultado", disse Quianne Maia Correa, colaboradora da Bayer há quatro anos e uma das integrantes do All In.

 Colaboradoras da Bayer visitam a feira de artesanato que aconteceu no fim de março durante o encerramento das atividades em comemoração ao mês da mulher

Signatária dos Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs), estabelecidos pela ONU Mulheres e pelo Pacto Global, a Bayer trabalha desde 2016 para promover os sete temas principais na companhia. O sexto desses princípios – Promover a igualdade de gênero através de iniciativas voltadas à comunidade e ao ativismo social – foi o que gerou a parceria da empresa (na região há 60 anos) com a Secretaria de Cultura de Belford Roxo.

Márcia Faria, artesã da Feirart desde o seu lançamento, há cinco anos, foi uma das participantes da ação na Bayer – no total, o projeto reúne 30 expositores inscritos, sendo 28 mulheres e dois homens. "Comecei a fazer artesanato como terapia, mas logo vi a oportunidade de venda como forma de obter uma renda extra. Hoje minha dedicação é total. A Feirart e essa parceria com a Bayer valorizam o trabalho dos artesãos locais, e isso é muito importante", disse Márcia.

 Bruno Nunes, secretário de Cultura de Belford Roxo, durante visita à Feirart de Bel

Bruno Nunes, secretário de Cultura de Belford Roxo, visitou a feira e destacou a importância desse tipo de ação para a região. "Ficamos muito contentes com o convite da maior empresa instalada no município, que é a Bayer. É muito bom termos espaços como este, que nos permitem apresentar o trabalho artístico e manual que promovemos e apoiamos na Secretaria de Cultura. Estamos aqui aproximando as duas formas de geração de renda, a formal com a informal", disse o secretário em entrevista ao Notícias de Belford Roxo.

Normalmente, a Feirart de Bel se realiza semanalmente, às quintas-feiras, na praça Getúlio Vargas, centro de Belford Roxo, das 8 às 17 horas. O objetivo inicial – apoiar mulheres em situação de violência doméstica – passou por uma revisão. "O projeto social foi reformulado pela Secretaria de Cultura há cerca de dois anos, para ampliar o número de artesãos e contribuir para geração de renda no curto prazo", explica a coordenadora do Feirart de Bel, Janete de Souza Lima.

Na Bayer, a feira aconteceu em março, durante os dias 28 e 29, e marcou o encerramento das atividades em comemoração ao mês da mulher no Parque Industrial da empresa em Belford Roxo.

 Alguns dos trabalhos expostos na feira criada para fomentar o empreendedorismo feminino