Home > Mundo Agro > As fantásticas mulheres do agro - Parte I
Mundo Agro

As fantásticas mulheres do agro - Parte I

Conheça as nove vencedoras do prêmio criado pela Bayer para homenagear as produtoras rurais mais inovadoras do país

11.10.2019 - Por Bayer Jovens

As mulheres que representam o agro brasileiro não estão para brincadeira e mostram o valor que suas histórias têm. Depois de muita luta e garra na trajetória pessoal e profissional, nove delas foram selecionadas como as finalistas da 2 edição do Prêmio Mulheres do Agro e, no dia 9 de outubro, receberam seus troféus e foram homenageadas durante o 4º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio, que reuniu em São Paulo quase 2.000 participantes, de 23 estados brasileiros.

As fantásticas mulheres do agro

O discurso de abertura do evento foi feito por Alexandre Marcilio, Diretor Geral no Transamérica Expo Center, que destacou o fato de que “este ano o evento e o prêmio foram ainda mais emocionantes, já que as pessoas compartilharam mais e se envolveram mais”. Além disso, Marcilio já deixa o gostinho de quero mais para o próximo ano.

“Ficamos muito orgulhosos em sermos novamente o palco da premiação que tem as mulheres do agro como protagonistas e algumas surpresas já estão sendo preparadas para o próximo ano do Congresso, que será a quinta edição”.

Em seguida, Paulo Pereira, Diretor de Comunicação da Bayer Brasil, contou um pouco sobre como surgiu a ideia de lançar o prêmio em parceria com a Abag e da importância dessa iniciativa para o setor. Pouco depois a premiação teve início e as grandes vencedoras subiram ao palco aplaudidas pelo público.

As fantásticas mulheres do agroLegenda: Paulo Pereira, Diretor de Comunicação da Bayer Brasil

Carla Sanches Rossato, de Sertanópolis, no Paraná; Vivian de Freitas Machado Oliveira, de Araguaiana, em Tocantins, e Ivanda Maria Winter Heck, de Missal, no Paraná: essas foram as primeiras colocadas da segunda edição do prêmio, idealizado pela Bayer em parceria com a Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), com patrocínio da Elanco Saúde Animal e apoio do Transamérica Expo. As três se destacaram nas categorias Grandes, Médias e Pequenas Propriedades, respectivamente. Além do troféu, elas ganharam também uma viagem à Fazenda Forward Farming, da Bayer, com passagens e hospedagens custeadas pela organização do evento.

Em segundo e terceiro lugares, foram premiadas Beatriz Vilela Pacheco, de Boa Esperança, Minas Gerais, e Maria Ester Tiziani Fava, de Barra do Garças, Mato Grosso (Grande Propriedade); Luciane Rheinheimer, de Carazinho, Rio Grande do Sul, e Marinez Ana Bortolanza Croda, de Matelândia, Rio Grande do Sul (Média Propriedade), e Lidiane dos Santos da Silva, de Viamão, Rio Grande do Sul, e Gabriela Gruisen Breg, de Holambra, São Paulo (Pequena Propriedade).

As fantásticas mulheres do agro

As produtoras que ficaram em segundo e terceiro lugar passarão um dia São Paulo com um roteiro “Do campo à cidade”, com passagens e hospedagem custeadas pela organização do prêmio. Além disso, as vice-campeãs ganharam um minitablet com conteúdo sobre gestão, boas práticas e sustentabilidade no agronegócio.

Essas nove mulheres representam uma legião de cerca de 15 milhões de brasileiras que vivem no campo e produzem de 70% a 80% dos alimentos consumidos no país. “As vencedoras se destacaram por ações inovadoras em relação a uso sustentável de recursos naturais, desenvolvimento social da comunidade e de seus colaboradores, boas práticas agropecuárias, utilização de tecnologias no campo e bem-estar animal, entre outras iniciativas”, explicou Cecília Melo, Gerente de Lançamentos em Proteção de Cultivos da Bayer e porta-voz oficial do Prêmio Mulheres do Agro neste ano.

As fantásticas mulheres do agro

Ainda de acordo com Cecília, o número de inscrições deste ano cresceu 300% desde 2018, segundo Cecília. O prêmio, que é uma parceria da Bayer com a Elanco, do setor de saúde animal, e a Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), visa reconhecer a importância das mulheres do agro e procura reforçar que a atuação delas seja cada vez maior e mais eficiente, contribuindo para a igualdade de gênero em uma área predominantemente masculina.

E para completar o momento de muita emoção, Sônia Bonato, produtora rural e vencedora do Prêmio Mulheres do Agro em 2018, foi homenageada com uma placa de reconhecimento pelo seu incentivo para que outras mulheres do agro se sentissem motivadas para inscrever suas histórias no concurso.

As fantásticas mulheres do agroLegenda: Cecília Melo, Gerente de Lançamentos em Proteção de Cultivos da Bayer e porta-voz oficial do Prêmio Mulheres do Agro neste ano, e a produtora homenageada Sônia Bonato.

O prêmio é um marco muito importante para o protagonismo feminino no agro. Segundo dados da ONU, 43% dos trabalhadores rurais no mundo são mulheres e, segundo estudo realizado pela Abag, 59,2% das mulheres são proprietárias ou sócias de propriedades rurais.

Clique aqui e conheça agora essas incríveis mulheres que, com criatividade, sensibilidade e muita garra, estão mudando o perfil do agronegócio brasileiro.