Home > Ciência > Melhorando Vidas > Alimentação saudável deve ser uma prioridade para as gestantes
Melhorando Vidas

Alimentação saudável deve ser uma prioridade para as gestantes

Dosagens adequadas de vitaminas e minerais por meio de dieta balanceada e suplementação durante a gravidez previnem doenças e parto prematuro

28.04.2020 - Por Bayer Jovens

Cuidar dos filhos é uma tarefa que começa muito antes do nascimento. Até mesmo antes da concepção, o corpo da mulher se prepara e inicia a missão de nutrir o seu futuro bebê. A alimentação adequada é fundamental para promover o bom desenvolvimento do embrião e depois do feto, além de apoiar posteriormente a recuperação pós-parto e permitir uma boa fase de lactação.

As grávidas sabem que precisam se alimentar “por dois”, mas isso não pode ser uma desculpa para comer em excesso ou ter desejos mirabolantes de ingerir comidas inadequadas. Não se preocupe, o seu bebê jamais vai nascer com cara de brigadeiro, rosto de pizza ou pastel. É preciso conduzir a alimentação com consciência, porque gravidez saudável só é compatível com boa nutrição. O Ministério da Saúde fornece orientações alimentares para gestantes e diagnóstico nutricional no caderno de Atenção ao Pré-Natal de Baixo Risco.

O ganho de peso deve ser compatível com a demanda energética durante a gravidez. É preciso ter uma dieta balanceada que englobe todos os grupos alimentares e atenda às necessidades nutricionais das duas vidas – gestante e feto – de forma saudável, ingerindo vegetais, frutas, cereais, leguminosas e carnes leves em detrimento aos produtos processados ou ricos em sal, açúcar e gorduras.

No entanto, os cuidados com a comida para a gestante devem ir além da cartilha de alimentos saudáveis. Durante a gestação, o corpo da mulher passa por uma série de mudanças fisiológicas e metabólicas para promover o desenvolvimento do feto. Existe um aumento do volume de sangue e elevação das atividades cardíacas e renais, por exemplo.

A gestação tem diferentes fases, as quais demandam uma quantidade maior de determinados nutrientes e minerais, por isso, é fundamental que a mamãe receba informações confiáveis, com o respaldo de especialistas. Para colaborar com as gestantes, a Bayer apoiou a publicação do livro Além da Nutrição – o impacto da nutrição materna na saúde das futuras gerações, disponível online. Baseado em evidências científicas, o livro traz orientações completas sobre alimentação e suplementação de gestantes, com o reconhecimento científico da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN).

Nutrientes essenciais

O ferro é um nutriente muito importante em todas as etapas da gestação, favorecendo a formação dos glóbulos vermelhos, por exemplo. A vitamina A é fundamental para a proliferação e diferenciação das células, colaborando para o crescimento do feto. A vitamina D ajuda no desenvolvimento dos ossos do feto e reduz o risco de abortamento.

Outro grupo importante são as vitaminas do complexo B. Essas vitaminas, em especial a B6 e a B12 colaboram para a absorção de outros nutrientes e auxiliam no desenvolvimento do sistema nervoso do bebê. Ingerir a quantidade ideal de ácido fólico (ou vitamina B9) é fundamental para proteger o feto de anomalias congênitas, como defeitos cardíacos. A gestante também precisa equilibrar as dosagens de selênio, cobre e magnésio em sua alimentação.

O zinco, por sua vez, oferece importantes propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. O iodo é tão necessário para o funcionamento da tireoide, que sua deficiência pode alterar o desenvolvimento neurológico do feto. A ingestão de ácido docosaexaenoico (DHA) com suplementação ou por meio de alimentos ricos em ômega-3, reduz os riscos de parto prematuro ou do recém-nascido apresentar baixo peso ao nascer.

Como se pode observar, a lista é longa. Inúmeros nutrientes devem ser considerados durante a gestação para nutrir adequadamente a mãe e o feto. Por isso, é fundamental contar com o apoio de uma equipe de especialistas da área médica e nutricional. Dessa forma, a gestante poderá adotar uma dieta com alimentos naturais, alimentos fortificados e suplementos alimentares, compondo uma nutrição eficaz e segura. A Bayer colabora para a nutrição materna com Natele®, um suplemento vitamínico-mineral com vitaminas A, B1, B2, B6, B12, C, D, E, nicotinamida, ácido fólico, cálcio, ferro e zinco, que é indicado para o período pré-gestacional, de gravidez e lactação.

A postura da gestante no planejamento nutricional é tão importante que pode até mesmo traçar o destino da saúde futura de seu filho. Estudos científicos sugerem que a deficiência nutricional durante a gestação pode provocar uma adaptação metabólica no bebê ao ponto de aumentar o risco de desenvolvimento de doenças futuras no filho. “O fenômeno, chamado de programação fetal, tem como base o conceito de que o meio ambiente hostil pode determinar alterações na expressão gênica, sem alterar o genoma do indivíduo”, explica o Dr. Eduardo Borges da Fonseca, no livro Além da Nutrição.

Bayer Jovens