dcsimg
Home > Sustentabilidade > Vilão ou mocinho?
Sustentabilidade
22.02.2013 por Bayer Jovens

Vilão ou mocinho?

Dióxido de carbono, um dos gases do efeito estufa, é benéfico e necessário à vida no planeta nas quantidades certas

Você já deve ter escutado que a grande quantidade de gás carbônico na atmosfera é prejudicial ao planeta por ocasionar o efeito estufa e, por consequência, o aquecimento global, certo? Também já deve ter ouvido que o mesmo gás é importante para o processo de fotossíntese das plantas, no qual elas transformam a energia solar em energia química. Diante desses dois fatos, vale a reflexão: o dióxido de carbono é mais mocinho ou vilão para a vida na Terra?

Independentemente da resposta, um fato é certo: nas quantidades corretas, a presença de CO2 no planeta é benéfica e bastante necessária. Em 2007, uma pesquisa realizada por cientistas dos Estados Unidos e da França destacou que o CO2 pode ter sido o gás responsável por manter as temperaturas na superfície acima do ponto de congelamento, há cerca de 3,75 bilhões de anos.

O estudo consistiu na análise de rochas sedimentares encontradas na baía de Hudson, no Canadá. As rochas, descobertas em 2001, estão entre as mais antigas do planeta. Pesquisas comprovam que água em forma líquida existia na superfície terrestre, ainda que o sol mais fraco não fosse capaz de aquecer a Terra, além das condições de congelamento. Para manter a água líquida, as concentrações de gases eram, portanto, de extrema importância.

O CO2 também é relevante para a vida na Terra, por ser essencial para a realização da fotossíntese. Se as informações das aulas de Ciências não estão tão vivas em sua memória, nós te lembramos: é graças ao gás carbônico que alguns tipos de organismos vivos como plantas, algas e algumas bactérias que possuem clorofila, realizam o processo fotossintético.

Isso é possível porque esses organismos utilizam a energia solar para converter moléculas como CO2 e H2O (água) em moléculas complexas, necessárias para a vida no planeta. É também durante a fotossíntese que as plantas liberam oxigênio para o ar que respiramos.

Dióxido da beleza

Leia mais sobre O Planeta Agradece em:

Brasileiro quer reciclar seu lixo, mas sofre com a falta de incentivo do poder público

Hortas privadas em metrópoles ajudam a amenizar o efeito estufa e aproveitam espaços ociosos