Home > Agro Agora > Youth Ag Summit 2019: como alimentar um mundo com fome?
Agro Agora

Youth Ag Summit 2019: como alimentar um mundo com fome?

O protagonismo dos jovens como criadores de soluções sustentáveis tem grande potencial quando o assunto é enfrentar os desafios globais

27.11.2019 - Por Mundo Agro

A fome no mundo corresponde a um dos problemas sociais mais antigos da história. Por conta disso, todos os dias, pesquisadores e empresas que têm relação com o tema buscam estudar e investir em soluções sustentáveis para os processos de produção, colheita, distribuição e comercialização dos alimentos. Nesse contexto, surge um movimento com o objetivo de descobrir inovações no campo e na cidade: jovens corajosos que criam startups e projetos brilhantes que visam reduzir a fome das populações locais.

Agora, imagine só participar de um evento que reúne todos esses jovens em um único lugar. Jovens do mundo inteiro, cheios de ideias e projetos para auxiliar na produção de alimento no mundo e, o melhor, de maneira sustentável. Seria fantástico, não é mesmo?! Pois bem, esse evento existe e o nome dele é Youth Ag Summit – conhecido também como YAS.

Jovens delegates do Youth Ag Summit 2019 reunidos no evento em Brasília

Em 2019, marcando a 4ª edição do YAS, o Brasil foi escolhido como país sede para recepcionar o evento No total, 100 delegates — como são chamados os jovens participantes desse fórum — foram escolhidos para representar 45 países diferentes. E, o melhor, todos reunidos em Brasília, que é a minha cidade. Ao longo de quatro dias de programação os delegates puderam aprimorar seus projetos, conhecer mais sobre agricultura digital e apresentar a todos suas propostas de soluções para o futuro da agricultura.

E eu tive a felicidade de ser um desses jovens. Participe com meu projeto CHEPA, que propõe a redução de desperdício dos alimentos por meio da comercialização de excedentes de produção. O processo seletivo foi extenso, nos avaliaram por um ano até a publicação final. Foram mais de 3000 candidaturas, fiquei entre os 100 e ajudei a compor a delegação de 12 brasileiros. O primeiro sentimento foi de espanto. Afinal, é um privilégio poder participar de um evento desse tamanho e, ainda por cima, acontecendo na minha terra natal. Ser escolhido foi um sentimento muito especial.

Conhecer os outros delegados foi incrível. Levei um tempo para assimilar que eu estava sendo parte daquilo, sabe?! Fizemos amizades e a colaboração tomou conta dos quatro dias de imersão que vivemos juntos.

O que tenho para destacar é a estrutura extraordinária promovida pela Bayer, Nuffield International e o IICA. Ficamos hospedados no Royal Tulip Brasília, que ofertou todas as refeições, com ambientes diferenciados para plenárias e reuniões de grupo. Fomos divididos em 10 times, todos com temas diferentes. Fiz parte do grupo 7, que tinha projetos relacionados com produção/distribuição de alimentos nos espaços urbanos e, rapidamente, viramos uma família. O cronograma era intenso e cansativo, trabalhávamos o dia todo nas ideias, apresentações e a noite confraternizávamos com todos os participantes e staff do evento em jantares com muita comida boa e música brasileira.

No final, os melhores projetos de cada time foram selecionados para uma apresentação de encerramento. E, para fechar todos esses dias com chave de ouro e notícia boa, tivemos um brasileiro entre os finalistas: o Maycon Santos. Ele foi excelente e representou muito bem nosso país com seu projeto. Todos reunidos ali representavam jovens com muito potencial, que acreditam e trabalham todos os dias por mudanças em populações vulneráveis. Me sinto muito feliz e orgulhoso de hoje poder dizer que fiz parte do YAS 2019.

Delegates brasileiros no Youth Ag Summit 2019

Ficou interessado na oportunidade de participar? A próxima edição será em 2021, na China, e você pode continuar acompanhando o portal Bayer Jovens para ficar sabendo quando as inscrições serão abertas. Comece a se preparar, elabore seu projeto/ideia, faça seu vídeo em inglês e, assim que as inscrições ficarem disponíveis, se candidate! Sem dúvidas, representar o Brasil e fazer amizade únicas é divertido e pode colocar sua ideia no cenário mundial de investidores e empresas que acreditam nos jovens. E, claro, deixar a sua marca no futuro de um mundo melhor.

Lucas Lima De Almeida

Lucas Lima De Almeida é Nutricionista, pesquisador em Saúde Pública e líder social desde pequeno. Nasceu e cresceu em Ceilândia, periferia famosa aos arredores de Brasília. Fundou a ONG Comunitarius Agricultura Urbana e a startup CHEPA. Atua como residente em Saúde Mental Infanto-Juvenil no SUS e acredita na representação internacional dos jovens nas áreas de Segurança Alimentar e Sustentabilidade.