Home > Agro Agora > O Futuro da Agricultura Sustentável
Agro Agora

O Futuro da Agricultura Sustentável

Dependemos dela para nos alimentar e a agricultura depende de práticas sustentáveis para continuar existindo.

24.06.2019 - Por Mundo Agro

Tenho um filho de 12 anos, o Luiz Miguel. Ele é um garoto muito inteligente e sempre me questiona o porquê eu trabalho em uma empresa de agronegócio se tanta gente tem uma visão tão negativa em relação a esse tema. Ele quer saber o que estamos fazendo, de fato, para resolver questões como mudanças climática e fome no mundo.

Agricultura Sustentável

Esse tipo de questionamento que tenho dentro de casa reflete também em como a sociedade nos vê, então resolvi escrever este artigo para dizer o que eu respondo para ele e que talvez possa ajudar também outros jovens a entenderem que a agricultura é, na verdade, parte da solução!

Dependemos dela para nos alimentar e a agricultura depende de práticas sustentáveis para continuar existindo. Se não existir um solo saudável para o cultivo, os recursos naturais essenciais e um clima favorável, a agricultura não existiria, não teríamos alimento e, portanto, não sobreviveríamos.

Para contextualizar o cenário que temos e como a agricultura faz parte dessa solução, começo pelas questões que envolvem a sociedade:

  • Hoje já precisamos de 1,6 planetas para viver*
  • Apenas 3% do planeta é usado como terra produtiva e somente 18% disso - ou 0,5% - pode ser usado para o cultivo de alimentos **
  • Em 2050, seremos 2,5 Bilhões de pessoas a mais no mundo***
  • Apenas 2,4% da água do planeta é doce, somente 0,02% está disponível e pode ser consumida***

Com tudo isso em mente, explico o motivo pelo qual acredito que o agronegócio faz parte da solução, como citei no início deste texto.

Primeiro, acredito que a ciência e a tecnologia digital poderão construir um futuro da agricultura de uma forma muito mais sustentável. A empresa em que trabalho tem cientistas incríveis que estão dedicados a encontrar os melhores caminhos para a produção de alimentos frente às questões ambientais existentes. Eles pesquisam as melhores soluções para garantir a produção de alimentos utilizando muito menos recursos naturais, respeitando as características nutricionais e garantindo a segurança alimentar para nossa sociedade.

Quero citar aqui duas dessas soluções como bons exemplos: a biotecnologia e a tecnologia digital:

  1. A biotecnologia nos proporciona sementes que ajudam a proteger o potencial produtivo, resultando em colheitas melhores e, consequentemente, mais alimento disponível. Além disso, essas sementes também permitem que utilizemos de forma mais responsável os recursos naturais disponíveis.
  2. A tecnologia digital, por sua vez, permite uma recomendação customizada para cada agricultor e para cada hectare da fazenda. São formas totalmente novas dos agricultores enxergarem seus campos e acompanharem a produção em suas propriedades. Os softwares utilizados coletam e disponibilizam informações para a tomada de decisões mais assertivas. O resultado disso, é uma produtividade cada vez mais sustentável. ****

Ainda existem outros inúmeros exemplos de melhoramento de sementes, pesquisas em produtos biológicos e tecnologia digital avançada no campo para resolver a equação do aumento da população e a produção de alimento sem impactar o meio ambiente.

As conversas com meu filho Miguel não param por aí, ele é muito curioso e já diz que quer ser cientista porque também acredita que a ciência é o caminho para novas descobertas, expansão de conhecimento e é através da ciência que buscamos inovação para vivermos em um mundo melhor. Eu, no meu papel de mãe, aprendo muito com todo este processo e ao mesmo tempo ajudo ele a entender os desafios da vida, sempre olhando para soluções colaborativas e para um futuro que ele também poderá ajudar a construir muito em breve.

Danielly Martin Crocco

Danielly Crocco, é líder de Sustentabilidade e Engajamento com a Comunidade da Bayer para América do Sul


 

* Global Footprint Network

** FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura)

*** Organização das Nações Unidas

**** Climate Field View