Home > Carreiras > Interdisciplinaridade como a chave do sucesso
Carreiras

Interdisciplinaridade como a chave do sucesso

Eu sou o tipo de pessoa que ama desafios e está sempre disposta a mudar, e minha jornada na Bayer não seria diferente.

28.09.2020 - Por Carreiras

Sou estagiário, estudante de engenharia de produção, e em toda a minha carreira, trabalhei na área de exatas propriamente dita – ou em áreas voltadas para serviços (mercados, mercearias e açougues). Porém, resolvi me inscrever em uma vaga para estagiar na Bayer na área de RH, com Talent Acquisition.

No início, um receio tomou conta de mim. A mudança sempre causa aquele frio na barriga, mas decidi trocar o meu emprego e entrar de cabeça para aprender coisas novas. Além da mudança de área, abdiquei também da estabilidade financeira que possuía na outra empresa. Lá, eu havia trabalhado por cinco anos, de aprendiz a assistente administrativo, e estava de saída para assinar um contrato provisório de estágio.

Muitos foram os desafios no começo, como a adaptação ao home office. Eu trabalhei presencialmente por apenas um dia, pois, na manhã seguinte, recebi o comunicado do início da quarentena, uma dinâmica nova para mim até então. Todavia, hoje estou trabalhando na Bayer faz quase seis meses, e, embora não possa afirmar que eu já domine a área, espero estar contribuindo positivamente.

Fui contratado pela minha visão mais analítica de visualizar os dados, a fim de dar o suporte tecnológico à área de Talent Acquisition – facilitando, assim, a análise de pessoas, os trabalhos manuais por ferramentas obsoletas ou que poderiam ser otimizadas, e colaborando para a Bayer ser uma empresa na qual preconceitos e estereótipos não se fazem presentes. Estamos sempre em busca de propiciar igualdade a todos, independentemente de etnia, gênero ou qualquer outro ponto social, buscando como foco colaborar para que o time de TA esteja um passo à frente no tópico de diversidade (principal foco da minha jornada até o momento).

Além disso, recentemente fui convidado a participar de um projeto na área de People Analitcs, para aprimorar o meu conhecimento, aprendendo novas ferramentas para desenvolver bases de dados mais eficientes, otimizando ainda mais a área de Talent Acquisitions. Vale ressaltar que as novas tecnologias não dificultaram o entendimento dos dados apresentados ao pessoal do RH, uma vez que a função é totalmente a oposta: apresentar planilhas de forma simples e objetiva, otimizando o tempo do pessoal e aumentando a produtividade da empresa. O recrutamento de talentos é umas das partes primordiais de uma empresa, visto que são esses que darão cara, corpo e alma à Bayer para que ela possa se destacar no mercado.

Estudante de engenharia de produção, estagiário do time de Talent Acquisiton com STA em HR Data Analytics. Apaixonado por desafios, natureza, viagens e impacto social. Em busca contínua por aprendizado e sempre disposto a colaborar.