Home > Agro Agora > Como será que o mundo da tecnologia vê o agronegócio? Confira o depoimento do Bruno
Agro Agora

Como será que o mundo da tecnologia vê o agronegócio? Confira o depoimento do Bruno

Foi legal demais entrar a fundo nesse universo agro, com a participação no Youth AgVocate Summit (YAS), em Brasília.

30.01.2020 - Por Mundo Agro

Trabalho há mais de 10 anos com jornalismo e consultoria tecnológica, mas foi no YAS que eu tive pela primeira vez a oportunidade de entender a fundo como essas tecnologias estão impactando na prática o agricultor e fazendo do Brasil uma potência no setor.

É impressionante perceber que o “campo” se tornou um ambiente altamente tecnológico, englobando tecnologias de mapeamento e geolocalização com drones e satélites, manipulação da composição orgânica do solo, genética, meteorologia de precisão e até big data, para garantir o sucesso dos mais variados tipos de culturas.

Mas, talvez uma das experiências mais marcantes do evento para mim tenha sido a integração com os jovens. O YAS reuniu adolescentes de 45 países para, com base no Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, colaborarem na resposta a uma pergunta essencial dos nossos tempos: “Como alimentar um planeta com fome?”. E as ideias apresentadas foram excelentes! Algumas, inclusive, já em processo inicial de implantação.

Entre as que mais me marcaram estão projetos para gerenciar a produção e distribuição de alimentos, de forma a evitar os tradicionais (e enormes) desperdícios com descartes de alimentos prontos para o consumo. Eles farão com que centros de distribuição, supermercados e restaurantes reduzam o desperdício, ao mesmo tempo se facilitará a distribuição destes alimentos para pessoas mais pobres e entidades assistenciais.

Conhecer a história de tanta gente jovem, tão empolgada com ciência e novas tecnologias, com tanta vontade para fazer desse um mundo melhor, foi uma experiência única e inspiradora. São exemplos que eu levarei para a vida e que me fazem pensar, dia a dia, se eu também estou dando a minha contribuição.

Parabéns à Bayer, por fomentar um movimento tão impactante, seja para os jovens, que começam a definir os seus primeiros propósitos de vida, seja para o setor agrícola, que recebe contribuições valorosas para resolver problemas como a fome e o desperdício.

Torço muito para que muitas dessas ideias saiam do papel e ajudem a solucionar alguns dos grandes problemas do mundo. Se todos fizerem sua parte, a gente chega lá.

Bruno Ayres Martinez – CEO, Showmetech

Publicado em Agro Agora