Home > Agro Agora > Agricultura moderna e sustentabilidade
Agro Agora

Agricultura moderna e sustentabilidade

Vivemos em um mundo que já não tolera mais perturbações ambientais sem cobrar um custo.

02.07.2020 - Por Mundo Agro

Custo esse que pode ser percebido no estresse hídrico que já atinge cerca de 40% da humanidade e deve se acentuar ainda mais com o avanço das mudanças climáticas globais. Nesse contexto, a agricultura moderna tem o difícil desafio de conciliar tecnologia e sustentabilidade, para garantir bons frutos aos agricultores e à sociedade hoje e no futuro, por meio de práticas que assegurem a produção de alimentos de qualidade, juntamente com a conservação do meio ambiente e da biodiversidade. Entretanto, apesar de complexo, o desafio de unir produtividade, tecnologia e sustentabilidade não é, e nem precisa ser, um bicho de sete cabeças.

Em vista da importância que a sustentabilidade na agricultura tem para o planeta, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) traçou objetivos para o desenvolvimento sustentável na chamada “Década das Nações Unidas para Agricultura Familiar 2019-2028”, sendo o agricultor familiar, que produz cerca de 70% da comida que chega às nossas casas, uma peça-chave nesse processo. Alinhadas a isso, a experiência do agricultor no campo e pesquisas científicas apontam, cada vez mais, vantagens em se estar em sintonia com o meio ambiente, evitando, por exemplo, alterações no clima local, o esgotamento do solo e da água, ou até mesmo garantindo a preservação de insetos benéficos no processo de polinização.

No Brasil, além de preservar a área determinada por lei, alguns agricultores familiares optam voluntariamente por aumentar a área ocupada por mata nativa em suas propriedades, dando o exemplo para outras famílias. Tomando medidas como essa, ou ainda outras, como a instalação de cercas de proteção ao redor da floresta, esses agricultores reconhecem o valor intrínseco e prático de proteger a floresta tropical, garantindo a continuidade de rios, a qualidade do solo e a manutenção do clima da região. Vale lembrar que, em muitos casos, a água utilizada em propriedades rurais para irrigar as plantações vem de rios naturais, que necessitam da mata em seu entorno para continuar correndo. A floresta ajuda a manter a temperatura e a umidade da região, contribuindo para um regime de chuvas saudável, sendo a mata ciliar, que margeia os rios, fundamental para evitar a perda de água por evaporação, o desabamento das margens e o assoreamento do rio.

Outra peça-chave para a sustentabilidade são as inovações tecnológicas do setor agrícola, que vêm para melhorar a produtividade e possibilitar a diminuição dos impactos da agricultura no meio ambiente, melhorando o uso de recursos naturais, diminuindo a utilização de defensivos agrícolas e, consequentemente, os custos de produção. Dessa forma, muitos agricultores optam por usar a tecnologia a seu favor, para aumentar a produção por área cultivada e por recursos utilizados, seja beneficiando-se de cultivares transgênicos ou organismos geneticamente modificados (OGMs), mais resistentes às pragas e intempéries climáticas, ou pelo uso de aplicativos que monitoram parâmetros importantes nas plantações, gerenciando a hora certa e o local exato de aplicar água ou defensivos agrícolas.

Portanto, para alcançar o objetivo de construir uma agricultura familiar sustentável, é essencial que se trabalhe em sintonia, não só com os avanços tecnológicos, mas também com a natureza e com o planeta em que estamos inseridos. Sendo assim, é com a responsabilidade de cuidar do planeta hoje que algumas famílias de agricultores se preparam para colher amanhã, garantindo a manutenção dos recursos naturais necessários para as suas plantações e para a vida.

REFERÊNCIAS

Cornell Alliance for Science – https://allianceforscience.cornell.edu/blog/2020/02/technology-breeds-sustainability-on-brazilian-family-farm/

ONU Brasil – https://nacoesunidas.org/artigo-agricultura-familiar-e-sustentabilidade/

ONU Brasil – https://nacoesunidas.org/acao/mudanca-climatica/

Embrapa – https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/31505030/artigo---agricultura-familiar-desafios-e-oportunidades-rumo-a-inovacao

Gabriel Levin é biólogo e doutorando em Biotecnologia pela Universidade de São Paulo.