Home > Inovação > 5 tendências para prestar atenção
Inovação

5 tendências para prestar atenção

2018 chegou com fortes emoções garantidas. Mas, virão também boas novidades em tecnologia e a consolidação de inovações que já vinham ganhando espaço no nosso dia a dia

10.01.2018 - Por Gisela Blanco

Segue aqui então uma lista de algumas áreas em que vale a pena ficar de olho para conferir essas mudanças acontecendo.

Fintechs – Elas já vêm conquistando espaço há algum tempo, mas em 2018 ganharão ainda mais força. Os brasileiros confiam cada vez mais em serviços como corretoras, cartões de crédito e apps de controle financeiro que não pertencem aos grandes bancos. Com a batalha entre a concorrência, a cada dia surgem novas startups na área, que já começam também a fazer parcerias com instituições mais antigas e consolidadas. Empresas que já vinham crescendo e aparecendo muito, como Nubank e Banco Neon, a cada dia capricham mais nos seus cardápios de vantagens. Vale a pena acompanhar e aproveitar o melhor que cada uma tem a oferecer.

Blockchains – A tecnologia por trás do Bitcoin é relativamente simples e vai ganhando cada vez mais usos. São registros de informações compartilhados geralmente entre usuários (peer-topeer), e distribuídos de forma descentralizada. O que ajuda a criar uma rede de “blocos” conectados e criptografados que não podem ser modificados. Em outras palavras: uma forma diferente e segura de registrar dados e transações. Pode ser usado para compra e venda de moedas virtuais, para todo tipo de pagamentos online ou para registrar transações públicas. O Banco Mundial e a Unicef, por exemplo, devem começar projetos usando Blockchain esse ano.

Vídeo vertical – A poucas semanas do fim do ano, assistimos a um vídeo surreal do William Bonner em pleno Jornal Nacional dando um tutorial de como filmar com o celular na horizontal. Com direito a hashtag “#ficaadica”. Surreal. Foi como uma amostra grátis de 2007. Só Bonner não perceu ainda (mas a maior parte da internet sim) que o formato vertical é o que faz mais sentido para os smartphones – que hoje são a principal tela das pessoas, e não a TV. E, nos celulares, o que faz mais sentido é filmar na vertical, para aproveitar a tela inteira. É a melhor forma para se ver vídeos no Whatsapp e o formato usado no Stories do Instagram, que no ultimo ano chegou a 300 milhões de usuários no mundo. Então, desculpe, Bonner. Mas em 2018, você vai assistir cada vez mais vídeos na vertical. #ficaadica

Bots – Imagine um mundo em que existem bots para tudo. Pronto, você já está vivendo nele. Quer marcar uma consulta médica? Fale com o bot da clínica. Fazer check-in no seu vôo? Acione o bot da companhia aérea. Para serviços de atendimento ao cliente, eles já são regra. Mas nos próximos meses, você vai ver esses robôs de inteligência artificial ultrapassarem essas fronteiras e aparecerem em várias outras áreas. Em breve, bots vão te ajudar em coisas como comprar uma pizza ou estudar para uma prova.

Amor nos tempos da Big Data – Não importa o quanto a humanidade evolua, ou a tecnologia se desenvolva. Os sentimentos humanos mais genuínos, como amor e a felicidade, seguem sendo mistérios que roubam grande parte da nossa atenção. Mas e se você pudesse encontrar algumas das respostas para esses mistérios do coração na extensa base de dados que temos hoje disponível no mundo? Hoje, cada detalhe sobre cada um de nós pode ser armazenado e estudado para gerar informações ou fazer previsões muito seguras – como a marca de shampoo você está mais propenso a comprar, ou até em que momento da vida você pensará em ter filhos. Assim, seria também possível que algoritmos encontrassem com precisão o seu companheiro(a) ideal com base em dados avançados de interesses, valores, características físicas e distância? Para se aquecer para essa discussão, assista ao episódio 4 da 4a temporada da série Black Mirror, lançada recentemente pela Netflix.

Publicado em Inovação
Tags: inovação